Pular para conteúdo

NOTÍCIAS

São Luís intensifica ações de combate ao Aedes aegypti no período chuvoso

15 de fevereiro, 2016 - 10h11 - Tags: aedes aegypti zika dengue chikungunya

São Luís, 15 de fevereiro de 2016 - A Ilha de São Luís está realizando uma grande mobilização para combater o mosquito Aedes aegypti. No último sábado (13), 246 agentes de endemias e de saúde participaram de um mutirão em dois bairros de São Luis: São Francisco e Ilhinha.

 

A ação foi realizada 8h às 12h e contou com apoio das Secretarias Municipais de Saúde de São Luís (Semus) e de Obras e Serviços Públicos (Semosp). As ações estão sendo realizadas em parceria com o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), juntamente com as Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. Os bairros foram selecionados para iniciarem os trabalhos de combate ao mosquito de forma mais extensiva por apresentarem alto risco de infestação do mosquito de acordo com o Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti (Lira).

 

Cerca de 8 mil imóveis foram visitados, além de acontecerem serviços de limpeza, abordagens educativas e as visitas domiciliares. Para reforçar o combate ao mosquito, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) treinou um contingente de 500 soldados do Exército e da Aeronáutica na guerra contra o mosquito para ação simultânea nos municípios de São Luís, Imperatriz e Alcântara durante o Dia Nacional de Mobilização contra o Aedes aegypti. O objetivo da ação é promover a redução dos níveis de infestação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e Zika vírus, com atividades de prevenção.

Durante o período de chuvas em São Luís, as instituições governamentais costumam intensificar as ações de limpeza e conscientização das famílias para evitar os depósitos de água parada onde os mosquitos se reproduzem. 

De acordo com informações da secretaria municipal de saúde as ações de mutirão devem acontecer todas as sextas-feiras em um bairro da capital e também na zona rural. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), os casos notificados de dengue lideram os índices, seguido pela febre chikungunya e zika vírus.

Em relação a 2015, São Luís teve um aumento de casos notificados de zika nos dois primeiros meses de 2016. Segundo a SEMUS somente em 2016, já foram registrados 242 casos de dengue; 87 de febre chikungunya; e 40 casos de zika vírus.

Fotos: Honório Moreira

Anexo(s):


Ver todas Veja mais em Notícias do Selo

Junte-se a nós! Cadastre-se e receba novidades do selo!

Downloads - Baixe aqui arquivos úteis do selo

SOMA - Sistema de Orientação Monitoramento e Avaliação

REALIZAÇÃO

Logotipo Unicef

Logotipo Instituto Peabiru

Logotipo EFG


APOIO

Logotipo Celpa

Logotipo Energisa

Logotipo Cemar

Logotipo ache

Logotipo Neve

Veja todos
os parceiros







Selo município aprovado - Unicef