Pular para conteúdo

NOTÍCIAS

Comitê Interinstitucional planeja ações de combate ao Aedes Aegypti no Maranhão

22 de fevereiro, 2016 - 14h57 - Tags: zika dengue chikungunya

Reuniram-se na última quarta-feira (17) órgãos federais, estaduais e municipais das áreas de saúde, além de instituições da sociedade Civil e Não-Governamentais, como o UNICEF, para discutir  o combate ao Aedes aegypti no Maranhão. Desde sua criação em dezembro de 2015, o "Comitê Interinstitucional de Combate ao Mosquito", debate semanalmente medidas a serem tomadas nos municípios maranhenses.

Segundo a superintendente de Vigilância Epidemiológica e Controle de Doenças da SES, Léa Márcia Costa, a medida pretende diminuir a infestação e o número de casos das doenças transmitidas pelo mosquito no estado: dengue, chikungunya e zika vírus.

"Temos tomado medidas no intuito de termos dados atualizados em nosso sistema. Estamos realizando a busca ativa nos municípios, principalmente no que se refere a casos de Microcefalia. Antes alguns registros não eram compulsórios, mas estamos fazendo estas alterações. E nos casos de partos domiciliares, já temos como fazer esta notificação da Microcefalia. Este comitê é fundamental para conseguirmos integrar as instituições e definir as atribuições de cada entidade no combate ao mosquito Aedes aegypti", explica.

O comitê formado no Maranhão faz parte do Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, que reúne instituições nas áreas de saúde, educação, assistência social, forças armadas e sociedade civil em geral. 

De acordo com Marcelo Rosa, superintendente Estadual da Vigilância Sanitária, alguns municípios estão sendo priorizados nas ações por apresentarem  maior número de casos notificados de dengue, chikungunya e zika vírus, mas as ações de combate ao mosquito estão ocorrendo em todo o estado.

 

"Os municípios de São Luís, Miranda e Barra do Corda têm apresentado uma maior notificação de casos e estamos agindo estrategicamente nestes locais em parceria com as instituições municipais, mas além destes municípios o Estado adquiriu equipamentos para podermos atuar em todo o estado. Nosso maior desafio tem sido justamente os municípios que possuem uma estrutura de vigilância sanitária bastante precárias. Mas estamos colocando em pratica diversos projetos, dentre eles projetos nas escolas, com ações educativas de combate aos criadouros de mosquitos", esclareceu o superintendente.

Segundo dados do Ministério da Saúde, no Maranhão, 15.898 agentes comunitários de saúde e 2.004 equipes estão em ação em 216 municípios para reduzir a incidência do transmissor dentro dos lares.

Números

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que, até esta última terça-feira (16), no Maranhão, de acordo com o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc), já foram notificados 159 casos de bebês com microcefalia em 61 municípios. Dos casos apresentados, 50 mães tiveram sintomas do zika vírus em algum período da gestação.

 Os casos ocorreram nos municípios de Açailândia (1), Aldeia Altas (1), Amarante do Maranhão (1), Apicum-Açu (4), Axixá (1), Barra do Corda (3), Bom Lugar (1), Balsas (3), Buriticupu (8), Buritinara (1), Campestre (2), Carolina (1), Caxias (1), Chapadinha (1), Codó (1), Coroatá (3), Cururupu (1), Davinópolis (1), Dom Pedro (2), Esperantinópolis (1), Fortuna (1), Governador Edson Lobão (1), Governador Nunes Freire (2), Grajaú (2), Humberto de Campos (1), Imperatriz (9), João Lisboa (1), Lajeado Novo (1), Lagoa Grande (1), Lima Campos (2), Loreto (3), Mata Roma (2), Miranda (1),  Paço do Lumiar (3), Paraibano (3), Pinheiro (1), Pedreiras (1), Pio XII (3), Presidente Dutra (2), Porto Franco (2), Presidente Vargas (1), Raposa (1), Rosário (1), Santa Inês (4), Santa Rita (1), Santa Luzia (3), Santo Amaro (1), Santo Antônio dos Lopes (1), São Domingos do Azeitão (1), São Francisco do Brejão (1), São João dos Patos (2), São José de Ribamar (5), São Luís (45), Senador La Roque (2), Timon (2), Timbira (2), Trizidela do Vale (2), Turiaçu (2), Urbano Santos (1) e Viana (1).

Dentre os casos apresentados, um óbito ocorreu em São José de Ribamar em 2015.

 

Anexo(s):


Ver todas Veja mais em Notícias do Gerais

Junte-se a nós! Cadastre-se e receba novidades do selo!

Downloads - Baixe aqui arquivos úteis do selo

SOMA - Sistema de Orientação Monitoramento e Avaliação

REALIZAÇÃO

Logotipo Unicef

Logotipo Instituto Peabiru

Logotipo EFG


APOIO

Logotipo Celpa

Logotipo Energisa

Logotipo Cemar

Logotipo ache

Logotipo Neve

Veja todos
os parceiros







Selo município aprovado - Unicef