Pular para conteúdo

NOTÍCIAS

Cerimônia de entrega do Selo UNICEF no Amapá reúne representante dos quatro municípios ganhadores

12 de dezembro, 2016 - 13h45 - Tags: Selo UNICEF Cerimônia de entrega

Muita emoção envolveu prefeitos, representantes de Conselhos de Direitos da Criança e do Adolescente, articuladores municipais, e técnicos, na cerimônia de entrega do Selo UNICEF aos quatro municípios vencedores do Amapá. O evento foi promovido no Palácio do Governo do Amapá, no dia 29 de novembro.

Confira as fotos

Macapá, Calçoene, Santana e Vitória do Jari melhoraram seus indicadores, realizaram projetos e ações voltadas a garantia de direitos de crianças e adolescentes e mobilizaram a sociedade para temas específicos. Estratégias promovidas dentro da metodologia do Selo UNICEF, com o objetivo de melhorar a vida de meninos e meninas nas cidades da Amazônia.

Por quatro anos, a equipe do UNICEF, do Instituto Peabiru e da Escola de Formação de Governantes deu assessoramento técnico e promoveu formações para que a gestão municipal conseguisse superar as barreiras e melhorar a vida do público infanto-juvenil. “Trabalhamos no sentido de que as pessoas conheçam, se apropriem e valorizem o que tem na sua região. O que nos fazemos com o Selo é exatamente essa construção. O melhor compromisso são as pessoas do lugar, porque elas sabem exatamente os caminhos que o trabalho acontece”, explicou o coordenador do escritório do UNICEF para o Amapá, Fábio Morais.

Para a secretária de assistência social e articuladora Vitoria do Jarí ( AMAPÁ ), Gracy Andrade, o Selo foi mais que uma metodologia de gestão. “O Selo UNICEF trouxe algo emergencial para o nosso município, o poder de articulação de todas as áreas de gestão e o envolvimento das crianças e adolescentes nas nossas políticas públicas construídas especialmente para eles. [...] A nossa felicidade é enorme, porque Vitória do Jari recebe pela primeira vez o Selo UNICEF. [...] O nosso desafio agora é implementar e fortalecer as políticas de garantia da criança e do adolescente de Vitória do Jari, que vai muito além dessa premiação, e sim proporciona avaliar esse momento das políticas e avançar”, afirmou.

 

Já Nathalya Morrison, de 18 anos, adolescente de Macapá(AP), o projeto foi uma oportunidade. Ela participa das ações do projeto há dois anos desde o 1° Fórum Comunitário. Segundo ela, os reflexos da participação no Selo e na luta pela garantia dos direitos de crianças e adolescentes foram muitos, mas um em especial. “Amadureci bastante depois do projeto. Eu não me ligava em coisas importantes como os direitos de crianças e adolescentes”, contou.

Para o governador do Amapá, Valdez Góes, é fundamental que a articulação de forças que acontece a partir do Selo UNICEF se amplie e siga fazendo a diferença nas políticas públicas. “Esse prêmio significa um esforço mútuo, pois sem ele nada acontece. Nós temos que a partir agora que redobrar nosso compromisso nesse sentido e pactuar essa agenda cada vez mais. Não se faz política pública com gestões isoladas. Todo esse fruto não poderia ser colhido hoje se o esforço e o compromisso firmado não fosse de fato realizado”, disse.

 

 

 

Anexo(s):


Ver todas Veja mais em Notícias do Selo

Junte-se a nós! Cadastre-se e receba novidades do selo!

Downloads - Baixe aqui arquivos úteis do selo

SOMA - Sistema de Orientação Monitoramento e Avaliação

REALIZAÇÃO

Logotipo Unicef

Logotipo Instituto Peabiru

Logotipo EFG


APOIO

Logotipo Celpa

Logotipo Energisa

Logotipo Cemar

Logotipo ache

Logotipo Neve

Veja todos
os parceiros







Selo município aprovado - Unicef