Pular para conteúdo

NOTÍCIAS

Atenção aos repelentes

01 de fevereiro, 2016 - 10h27 - Tags: aedes aegypti zika dengue chikungunya

Belém, 01 de fevereiro de 2016 - O uso de repelente tem sido sugerido como principal forma de proteção às mulheres grávidas para evitar transmissão de dengue, chikungunya e zika pelo mosquito Aedes aegypti.

Três tipos de substâncias são utilizadas em repelentes no Brasil: Icaridina, DEET e IR3535. Os três podem ser usados por gestantes com segurança.

É importante que as grávidas usem repelentes para adultos. Os produtos para bebês devem ser aplicados somente em crianças menores de dois anos, pois as quantidades das substâncias são as ideais para não causar danos aos bebês.

Cuidados com uso dos repelentes também são importantes. A ação destas substâncias se dá “efeito de nuvem”, ou seja, após a aplicação o repelente evapora e forma uma “nuvem” de aproximadamente 4 cm em volta da pele que repele o inseto.

Portanto, passe o repelente por cima das roupas, e apenas na pele exposta (braços, colo, pernas, pés).

Pelo mesmo motivo, o repelente é o último produto a ser aplicado na pele. Primeiro, usa-se hidratantes, filtros solares, maquiagem, e o repelente sempre por cima de tudo.

Evite aplicar perto de olhos, nariz e boca, pois podem irritar as mucosas.

Respeite o período de tempo adequado para reaplicar o produto:

Icaridina: 10 horas na pele e a cada 72 horas nos tecidos

DEET adultos (15%): 6 horas

IR3535: 2horas

 

Fonte: Ministério da Saúde, Agencia Nacional de Vigilância Sanitária e Site Dermatogogia & Saúde (http://dermatologiaesaude.com.br/minha-pele/gestantes-repelente-de-insetos/)

Anexo(s):


Ver todas Veja mais em Notícias do Gerais

Junte-se a nós! Cadastre-se e receba novidades do selo!

Downloads - Baixe aqui arquivos úteis do selo

SOMA - Sistema de Orientação Monitoramento e Avaliação

REALIZAÇÃO

Logotipo Unicef

Logotipo Instituto Peabiru

Logotipo EFG


APOIO

Logotipo Celpa

Logotipo Energisa

Logotipo Cemar

Logotipo ache

Logotipo Neve

Veja todos
os parceiros







Selo município aprovado - Unicef